Publicado em

Grande Prova de Vinhos Brasileiros – RJ / SP

Para todos aqueles que já curtem e para todos que querem conhecer ótimos rótulos brasileiros, ocorrerá no Rio de Janeiro a Grande Prova Vinhos do Brasil 2016 – no charmosíssimo hotel Vila Galé na Lapa.

Se você estiver em São Paulo, ou já com programação agendada para participar da EXPOVINIS 2016, os rótulos vencedores serão apresentados no evento de JUNHO que ocorre no Expo Center Norte na capital paulista!

Abaixo todas as informações sobre o evento.

“O Grupo BACO Multimídia em parceria com o IBRAVIN (Instituto Brasileiro do Vinho) e o Governo do Estado do Rio Grande do Sul, por meio da SEAPI (Secretaria de Agricultura, Pecuária e Irrigação), deu inicio ao convite para que todas as vinícolas brasileiras participem da GRANDE PROVA VINHOS DO BRASIL (GPVB), que mais uma vez pretende trazer ao mercado a diversidade e qualidade do vinho brasileiro. A participação é gratuita.
A prova acontecerá entre os dias 6 e 9 de Junho de 2016, no hotel Vila Galé, no Rio de Janeiro. O resultado fará parte da edição 2016 do já consagrado ANUÁRIO VINHOS DO BRASIL.

CATEGORIAS

Este ano também teremos duas novas categorias: SUCO DE UVA INTEGRAL e VINHOS SUPER PREMIUM.

CATEGORIAS:
1. Espumante Brut branco.
2. Espumante Brut rosé.
3. Espumante extra-brut, nature branco.
4. Espumante extra-brut, nature rosé.
5. Espumante prosecco/glera.
6. Espumante moscatel branco.
7. Espumante demi-sec, branco.
8. Espumante moscatel e demi-sec rosé.
9. Branco Chardonnay.
10. Branco Sauvignon Blanc.
11. Branco Gewurztraminer.
12. Branco Riesling.
13. Branco Moscato.
14. Branco de outras castas e cortes brancos.
15. Tinto Cabernet Sauvignon.
16. Tinto Merlot.
17. Tinto Tannat.
18. Tinto Pinot Noir.
19. Tinto Cabernet Franc.
20. Tinto Marselan.
21. Tinto de outras castas.
22. Cortes tintos.
23. Rosés.
24. Doces e Fortificados.
25. Vinhos Super Premium, com preço a partir de R$ 100,00 no varejo.
26. Suco de uva integral.

OBS: todos os vinhos que tiverem preço até R$ 39,99 no varejo também concorrerão na categoria BEST BUY.” (www.riowineandfoodfestival.com.br/prova-brasil)

MAIS INFORMAÇÕES:
Sobre a GRANDE PROVA favor contatar:
Fones: (21) 99735-8488
E-mail: grandeprova@revistabaco.com.br

Publicado em

Vinho não tem hora certa, mas tem taça certa

Imagem: Divulgação
Uma linda mulher: Vivian (Julia Robertos) aprendendo regras de etiqueta com Sr. Thompson (Héctor Elizondo)

Se o assunto taças de vinho faz você se sentir como a personagem de Julia Roberts no filme Uma linda mulher, faremos a função do funcionário do hotel Sr. Thompson e iremos te ajudar!

Há quem diga que cada tipo de vinho demanda um tipo de taça. E realmente algumas marcas especializadas colocam este conceito em prática, como a austríaca Riedal que tem em sua coleção mais de 400 modelos.

No entanto, para que você deguste seu vinho da melhor forma possível, poucos tipos de taças são suficientes.

Antes de falar em formatos, falaremos sobre os materiais. E o principal segredo é a transparência. Degustar um vinho é mais que explorar o olfato e o paladar, mas também está no olhar, reparar as tonalidades do vinho. As nuances de tons dizem muito sobre o tipo de uva e a idade da bebida. Por este motivo, os materiais adequados são o vidro, o cristal e o cristal de vidro.

Agora, sim, vamos aos formatos:

Vinhos tintos

Taça BourdeauxTaça Bourdeaux : Perfeita para vinhos mais encorpados e ricos em tanino, principalmente se forem feitos com a uva Cabernet Sauvignon. Ela possui  bojo grande, com a borda mais fechada para concentrar o aroma. A aba fina direciona o vinho para a ponta da língua, permitindo que os sabores frutados sejam apreciados antes que os taninos sejam direcionados para a parte de trás da boca.

Vinhos recomendados para esta taça:
Araucária Cabernet Suvignon e Pizzato Merlot

Taça BourgogneTaça Bourgogne : Adequada para vinhos como os feitos através da uva Pinot Noir, que são mais complexos e concentrados.  A taça é em formato balão – com o bojo maior – para que se tenha mais contato com o ar, liberando o aroma. O formato direciona o líquido da ponta e do centro da língua, diminuindo assim a acidez e acentuando as qualidades do vinho.

Vinhos recomendados para esta taça:
RS: Dal Pizzol uva Pinot Noir e RS: Vinhedos Hood uva Pinot Noir

Vinhos Brancos

Taça BrancoTaça menor que a do tinto. O vinho branco precisa ser consumido em temperaturas baixas, por isso o corpo da taça tem que ser menor para diminuir a troca de calor com o ambiente. O formato também permite que seja intensificado o sabor das frutas. A aba estreita equilibra a doçura e a acidez, equilíbrio fundamental para o vinho branco.

Vinhos recomendados para esta taça:

SP: Vinho Guaspari Uva Sauvignon BlancRS: Aurora Pinto Bandeira Uva Chardonnay

Vinhos Rosés

Taça RoseOs vinhos rosés possuem características dos vinhos tintos e brancos. Dos tintos, possuem seus taninos. Dos brancos, possuem os aromas. Por isso a taça deve ser menor ainda que a dos vinhos brancos, só que com o bojo maior, por causa dos aromas e equilibrando a doçura e acidez. Poucas marcas possuem este tipo de taça,  o mais comum é se usar a mesma taça dos vinhos brancos, também para os rosés.

Vinhos recomendados para esta taça:
RS: Luiz Argenta Rosé uvas Shiraz e Pinot Noir  e RS: Lidio Carraro Faces Rosé Olimpíadas Rio 2016

Espumantes

Taça EspumanteFlûte ou Flauta, é a taça adequada para os espumantes. Ela é feita para que as borbulhas possam ser melhor apreciadas. A taça fina também direciona a efervescência e os aromas para o nariz, e ao mesmo tempo controla o fluxo acima da língua, mantendo o equilíbrio da acidez.

Vinhos recomendados para esta taça:

RS: Milantino Espumante BrutPE: Espumante Rio Sol RoséRS: Guatambu Espumante Rosé Brut

Uma dica valiosa é sempre ter em sua casa as chamadas taças “coringa”, chamadas de ISO  (International Standards Organization): um modelo de taça criado para degustações que se adequa para todos os tipos de vinho.

Taça ISOTaça ISO: criada em 1970, relativamente pequena e totalmente cristalina. Seu bojo é maior e ela é fechada na parte de cima. Ideal para degustação, principalmente para a parte aromática.

Um ponto que todas as taças tem em comum é a forma de segura-las. As hastes existem para que você não toque no bojo. Além de manter a transparência e limpeza das taças, também mantém a temperatura do vinho.

Pronto! Você já está preparado para beber qualquer tipo de vinho. E se o início desta matéria te deu saudade da dupla carismática do filme Uma linda mulher, vá ao cinema reencontrá-los no recém lançado Mother’s dayO maior amor do mundo, uma comédia romântica emocionante do diretor Garry Marshall (mesmo diretor de Uma Linda mulher e Idas e vindas do amor) que uniu novamente Julia Roberts e Héctor Elizondo.

Publicado em

Somos 2 rótulos entre os 10 melhores do mundo!

Pense na sua profissão. Pensou? Agora imagine ganhar o reconhecimento com o prêmio de 8º, ou até mesmo 9º melhor profissional do mundo! Aí você pensa: muito difícil concorrer com japoneses, americanos, alemães.

Pois é, dois vinhos – brasileiros – conseguiram! E sim, concorreram com os melhores rótulos europeus! Notícia que merece colocar espumantes para gelar!!!

A lista foi feita pela Associação Mundial de Jornalistas e Escritores de Vinhos e Licores (WAWWJ), lista de 2015.

Os rótulos nacionais escolhidos foram:

  • em 8º lugar: Marcus James Espumante Brut, da vinícola Aurora;
  • em 9º lugar: Espumante Garibaldi Prosecco Brut, da Cooperativa Vinícola Garibaldi;

Venha nos conhecer, a partir do dia 27/04/2016, em nossa loja e gastrobar. Ou experimente os melhores espumantes nacionais comprando pelo nosso site.

Fica a dica: servir e presentear com vinhos que você sabe a precedência, de uma vinícola local que tenha atestado de qualidade, é mais charmoso e sofisticado que qualquer rótulo muitas vezes mais conhecido, porém, impessoal.

Aurora Espumante Pinoy Noir
RS: Aurora Espumante Pinot Noir – R$ 50,00
Milantino Brut
RS: Milantino Brut – R$ 70,00
Araucaria Poty Demi Sec
PR: Araucaria Poty Demi Sec – R$ 45,00
Angus Extra Brut
RS: Guatambu Angus Extra Brut i- R$ 75,00
Publicado em

Dicas fáceis que aprimoram o paladar para vinhos

Atitudes simples e fáceis ajudam, e muito, você a aprimorar seu paladar e reconhecer as características dos vinhos.

 O mesmo sempre leva para o mesmo caminho
Chegar em um restaurante e pedir para o garçom “o vinho de sempre”, mesmo sendo o rótulo mais caro e raro, pode parecer fino mas é a pior forma de você ser um conhecedor de vinhos. Temos “apenas” mais de 5.000 variedades de uva, imagina quantos diferentes tipos de vinhos existem e ainda estão por vir?

O “de sempre”, apesar de deixar claro que você frequenta o lugar e é importante o suficiente para o garçom saber de sua preferência, limita e faz com que você não possua repertório necessário para comparar e perceber as diferenças entre os vinhos.

Não existiria o som se não houvesse o silêncio
Não reconheceríamos o sabor salgado, se só salgados fizessem parte da nossa dieta e nunca tivéssemos experimentado o doce. O mesmo com cores. Com a luz e o escuro. A dica então é beber dois vinhos, de características diferentes, na mesma ocasião. A comparação agiliza o processo de entendimento e reconhecimento das características de cada vinho.

Rápido para (não) sentir o gosto
Eu, que não gosto de algumas verduras, mas sei que preciso inseri-las na minha dieta, me sirvo primeiramente delas e as como na maior velocidade possível para, assim, não sentir muito os sabores. A mesma lógica serve para o vinho. Para conhecer e sentir seus sabores, você tem que aprender a degustar. Beber um vinho com pressa não funciona para treinar seu paladar. Você está tomando vinho, não novalgina em gotas!

Não precisa ser especialista para opinar
Muitas pessoas se sentem inseguras na hora de opinar sobre vinhos. Bobagem. Mas se você é uma delas, não estou aqui para fazer discurso de auto confiança, mas para te ajudar a apreciar a bebida. Pois bem. Se você é uma delas, não precisa colocar suas considerações no twitter, mas você pode anota-las pra si mesmo. Sim, um diário de vinhos. Só assim lembrará do sabor. Não se preocupe com questões técnicas. Azedo, doce demais, gosto de pé ou  papelão, são formas de você lembrar, sim, os sabores.

Tomar vinho sozinho é a mesma coisa de ir ao cinema sozinho

Eu adoro ir ao cinema sozinha. Mas uma coisa que faz toda diferença quando se tem companhia é o depois do filme. Tanto que, mesmo quando vou sozinha, procuro alguém que já tenha visto o filme para discutir comigo depois. A pessoa acaba comentando pontos que você não se atentou e as impressões podem, e quase sempre, surpreendem. Tem gente que se atenta mais á direção, outros ao roteiro, outros á fotografia. E a mesma coisa funciona na degustação de vinhos. Com mais pessoas, vocês vão descobrindo juntos os sabores e os segredos engarrafados. Cada um tem pontos mais fortes e mais fracos sobre conhecimento e até uma sensibilidade maior para determinadas suas características. Experimente!

 Não gostei? Por quê? Porque não!
Não se desespere. No início você vai parecer uma criança experimentando comidas pela primeira vez. Só com a prática você começará a dizer o porquê não gostou de determinado vinho.

Se tem medo, vai com medo mesmo
O primeiro passo é perder o medo do vinho. O medo de pagar mico. De não parecer sofisticado o suficiente. Ser sofisticado é se abrir para o novo e, assim, respeitar o seu gosto pessoal, e não apenas seguir críticos.

Conheça o Red Buteco de vinhos
A partir do dia 27/04/2016, venha nos visitar e conhecer os melhores rótulos nacionais. Dentro de suas variedades, não pode faltar o vinho olímpico Rio 2016 – da vinícola Lidio Carraro, de Bento Gonçalves – e tantos outros rótulos de qualidade atestada nacional e internacionalmente. Será um prazer recebe-lo! Para você que prefere beber no conforto de casa, nossa loja virtual já está em funcionamento.

faces merlot
RS: Lidio Carraro Rio 2016 Tinto – R$ 40,00
faces rose
RS: Lidio Carraro Rio 2016 Rosé – R$ 40,00
faces chardonnay
RS: Lidio Carraro Rio 2016 Branco – R$ 40,00
Publicado em

Mulheres fortes que estão na política e no seu Netflix

Mulheres fortes que estão na política e no seu Netflix – O que elas têm mais em comum? O amor pelo vinho e a polêmica em volta dele. Saiba mais!

Estudos mostram que as mulheres americanas já consomem mais vinho que os homens. As protagonistas de The Good Wife, Scandal e House of Cards retratam bem essa hábito que cresce cada vez mais entre o sexo feminino.

A protagonista de Scandal, Olivia Pope, é apaixonada pelo tinto. Para a tristeza dos fãs que foram atrás do vinho que em quase todos os episódios a acompanha – o Du Bellay – é fictício. A criadora da série, Shonda Rhimes, confidenciou em seu próprio Twitter. Os fãs ficaram desolados.

Mas não se desespere! Olhe nosso catálogo e veja as opções de excelentes tintos que podem te surpreender mais que qualquer Scandal!

A classuda Claire Underwood, de House of Cards, que também adora um vinho, seja tinto ou branco, foi atacada na internet por enófilos que criticaram as taças inadequadas para seus vinhos, o fato dela pegar no bojo e não na haste da taça – alterando a temperatura ideal do líquido – e a forma de servir o tinto, que ela ultrapassa mais da metade da taça, impossibilitando que ele seja girado para intensificar seus aromas. É, no meio de todo aquele jogo de poder, o vinho rouba a cena!

Já em The Good Wife, Alicia Florrick, a dona de casa que voltou a advogar depois de 13 anos após seu marido ser preso por fraudes e escândalos sexuais, levou apenas um hábito de sua antiga vida pacata para sua emocionante vida de executiva poderosa: beber vinho todos os dias.

No entanto, o fato de Alicia passar seus dias angustiada para que chegue logo às 17 horas – horário mínimo que ela estipulou para tomar sua taça – somados aos olhares de reprovação de sua filha e de seu gerente de campanha, fez com que se levantasse uma questão na internet: será que Alicia é dependente do álcool? A maioria das pessoas acredita que não. Uma a duas taças por dia, como é o seu hábito, na verdade, mostra que ela sabe os benefícios que o vinho traz para sua saúde. Concordamos com Alicia que algumas verdades e situações descem melhor com uma ajudinha.

Recomendamos essas três séries, que estão no NETFLIX, para você assistir acompanhado(a) dos melhores vinhos nacionais!

Publicado em

Muitas vezes renegado, o rosé é o xodó do casal mais famoso de Hollywood

Os vinhos rosés não são muito populares, inclusive no Brasil e na América Latina, mas o casal mais famoso de Hollywood escolheu exatamente este tipo de vinho para apadrinhar.

Angelina Jolie e Brad Pitt, exemplo de pessoas que sempre lutaram pelas minorias, provavelmente nem tinham esse objetivo quando escolheram um vinho rosé para assinarem, mas ajudaram na melhoria da aceitação do vinho “cor de rosa”. Em apenas 5 horas depois de seu lançamento, 6 mil garrafas do Miraval, vinho do casal, foram vendidas.vinho bradgelina

Os vinho rosés são feitos com uvas tintas, mas não ficam com a cor forte justamente por não passarem tanto tempo em contato com as cascas, como no caso dos vinhos tintos.

Eles vão muito bem com peixe, hambúrgueres, sanduíches em geral. Ótima pedida em piqueniques, dias e noites quentes, e combinam com carne de porco.

Surpreenda-se com o sabor do rosé. Experimente as melhores opções nacionais!

Publicado em

Entenda mais sobre o Guia Descorchados

O Descorchados (guiadescorchados.cl) é uma publicação anual idealizada e dirigida pelo chileno e enólogo Patricio Tapia. Sua primeira publicação foi no ano de 1999 e desde 2015 os vinhos espumantes brasileiros também ingressaram na avaliação através de degustação às cegas realizada anualmente.

Suas notas vão de 0 a 100, sendo:
*abaixo de 80 – não são bons vinhos, esqueça-os.
*abaixo de 90 – se forem vinhos com um preço razoável, são ótimos para o dia a dia.
*acima dos 90 – aqui o assunto começa a ficar realmente interessante.

Atualmente são avaliados os vinhos de origem no Chile, Argentina, Uruguai e Brasil.

Na última edição lançada, 2015, o espumante brasileiro Cave Geisse Terroir Nature 2009, com 93 pontos, foi considerado pelo guia Descorchados o melhor espumante brasileiro, e, ironicamente, a Vinícola Geisse é de responsabilidade de Mario Geisse, enólogo chileno radicado há anos no Brasil.

deu matchVeja mais sobre a história da Cave Geisse, clicando aqui.

E, claro, você pode comprar produtos selecionados da Vinícola Geisse na loja do RED Buteco!

Cave Geisse Nature
Espumante Cave Geisse Nature
Cave Geisse Blanc de Noir
Espumante Cave Geisse Blanc de Noir
Cave Geisse Terroir Rose Brut
Espumante Cave Geisse Terroir Rose Brut
Hood Pinot Noir
Vinho tinto Hood uva Pinot Noir
Publicado em

Top 5 momentos: Lançamento Descorchados 2016

A equipe RED BUTECO DE VINHOS (brasileiros) esteve presente no lançamento do Guia Descorchados 2016 e queremos compartilhar com você nosso top 5 da noite. Não deixe de conhecer estas grandes garrafas em nossa loja na Vila Madalena.

  1. Novo vinho espumante querido do RED: .yoo Brut Nature Edição Especial 2012 da Vinícola (mineira) Piagentini produzido em terras gaúchas.
  2. Explicação definitiva do porquê a Vinícola Guatambu é tão boa: Na degustação promovida pela Ibravin e Patricio Tapia (editor chefe do Descorchados), Valter Potter – proprietário da Guatambu junto com sua família – deixou claro que o resultado de qualidade que a vinícola vem obtendo se deve a um projeto de mais de uma década muito bem planejado e cuidadosamente executado.

1 + 2 = 3. Alejandro Cardozo o enólogo uruguaio radicado no Brasil responsável pelos espumantes de grande destaque do conquistou a equipe do RED Buteco de Vinhos.

4. Espumante Vertigo Nature da vinícola Pizzato, safra 2013: vencedor nas categorias – o melhor espumante, o melhor método tradicional e o melhor nature da edição Descorchados 2016 (ou seja, o melhor).

5. O eleito Serra Gaúcha: Salton Lúcia Canei Brut Rosé Pinot Noir NV. Um espumante da enorme vinícola Salton, 100% uvas pinot noir; um vinho delicado, harmonioso, com sabores de frutas vermelhas e especiárias que, apesar de seus 10 gramas de açúcar residual (os quais não parecem ser tanto assim nesta garrafa) é fresco e crocante.

Aguardamos a sua visita para degustar os melhores vinhos 2016 do Brasil.

mapa red
Abertura da loja dia 4 de abril, a partir do meio dia!
Publicado em

Você sabia que foi lançada a máquina de vinho expresso?

Um vinho expresso, senhor(a)?

Se você fosse abordado(a) com essa pergunta, provavelmente acharia ser apenas um simples ato falho em que a pessoa trocou a palavra café por vinho. Pois a partir desse ano, essa frase passou a ter sentido.

A start up francesa, 10-Vins, lançou a máquina de vinho expresso com o nome de D-Vine que, assim como o café, prepara vinho em 1 minuto e o líquido é despejado direto na taça. Apenas este minuto, que equivale a três horas de “aeração”, é necessário para a máquina decantar o líquido pré -preparado e adequar a bebida à temperatura ideal.

Os criadores dizem que buscavam uma forma prática e divertida de se tomar um bom vinho.

Até o momento, estão disponíveis 30 rótulos diferentes para se fazer vinho na máquina. A empresa, até o dia 21/01/2016, já vendeu 300 unidades da D-Vine.

O preço sugerido dá máquina é de US$ 550, e os valores das capsulas variam de US$ 1,80 a US$15. Ansiosos para a máquina chegar ao Brasil?

maquina1

Publicado em

Como escolher o seu próximo vinho favorito?

Guias de vinhos, concursos nacionais e internacionais, revistas e blogs especializados, sommeliers renomados… são muitas as fontes de referências para o apreciador de vinho (iniciante ou iniciado) ir em busca de novos rótulos e novidades.

Claro, há controvérsias: alguns entendem que os concursos e, até mesmo os enólogos e sommeliers mais famosos, são tendenciosos em suas pontuações e apenas fazem com que um vinho premiado se torne mais caro na prateleira da loja ou na carta do restaurante – não significando necessariamente qualidade superior.

No entanto, o RED Buteco acredita que diante das tantas e variadas opções do mercado brasileiro de produtores nacionais e, sobretudo, por causa das grandes diferenças qualitativas entre os vinhos feitos no Brasil, acreditamos que “se guiar” através de publicações poderá abrir caminhos para que você conheça, semana a semana, mais garrafas e experimente novos rótulos.

Abaixo estão algumas publicações que poderão te auxiliar na escolha da sua próxima compra em nossa loja RED Buteco

Imagem divulgação
Imagem divulgação

Guia Descorchados: Guia chileno, criado em 1999 que desde 2015 avalia os espumantes brasileiros

Imagem divulgação
Imagem divulgação

Guia Adega Vinhos do Brasil: A quinta edição lançada em novembro 2015 avaliou 550 rótulos produzidos no Brasil