Publicado em

12/06: O vinho quer que o chocolate seja o seu namorado! Será que eles combinam?

Gorduroso, forte e muito doce… Esses são os motivos que fazem o chocolate ser o alimento mais difícil de se harmonizar com vinho. Só que, como no amor, não é impossível e, quanto mais difícil, mais a gente quer.

Para dar certo, como em qualquer relacionamento, os dois lados têm que fazer a sua parte. O recomendado é que o chocolate não tenha muita gordura, ou seja,  50% de cacau no mínimo.  Já o vinho, tem que ter mais jogo de cintura e precisa se adequar aos tipos de chocolate. Sabemos que sempre tem um lado que cede mais…

Chocolate meio amargo combina com tintos leves ou encorpados como Cabernet Sauvignon e Merlot.

Chocolate amargo vai bem com tintos secos, sem passagem por madeira.

Se os chocolates não quiserem mesmo fazer a sua parte e continuarem com alto índice de gordura:

Chocolate branco combina com tintos ou brancos, importante é escolher a fermentação malolática (menos acidez no vinho), que dá um toque amanteigado e ajuda a harmonizar com o doce. Um Chardonnay frutado pode ser uma boa escolha.

Chocolate ao leite vai bem com vinhos brancos fortificados ou vinhos tintos secos. Tem que se ter cuidado com excesso de açúcar no doce, pode deixar os tintos secos, amargos. (Isso serve também para as relações…)

Espumantes são aqueles que “não têm tipo”, pode combinar com todos os chocolates!

Como no amor, quando a relação é saudável ela faz bem pra mente. Isso mesmo! Vinho e chocolate são ricos em polifenóis, que ajudam na oxigenação do cérebro.

Resumindo, neste Dia dos Namorados deixe o chocovalentine’s daylate se embebedar e o vinho se derreter!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *