Publicado em

Bronzeamento sem rugas? Beba vinho!

Sabemos que a exposição ao sol provoca a liberação de radicais livres, que são moléculas que destroem as células do corpo humano provocando flacidez e rugas. Sim, radicais livres são nossos inimigos número 1!

Só que no verão, todo mundo quer abandonar o bronzeado parede de escritório e desfilar suas marquinhas e corpos dourados por aí. Aí vem a dúvida: manter a pele rejuvenescida ou bronzeada?

A notícia deste verão é que estudos comprovam que tomar sol acompanhado de alimentos adequados ajudam a impedir essa lógica: sol = rugas.
Consumir alimentos que têm ação antioxidante, combate os radicais livres e mantém a pele rejuvenescida e bronzeada.  E um destes alimentos é o nosso querido e idolatrado vinho!!

Outros alimentos que ajudam nesta proteção são: morango, cereja, tomate, café e chocolate amargo.

Lembramos que esta lógica funciona se não houver exagero na exposição ao sol e aliada ao uso de protetor solar. Mais importante do que o bronzeado é a sua saúde!

Publicado em

Uma taça de vinho equivale a uma hora de academia!

Aí você, desesperado(a) , logo pensa: pra eu me livrar das calorias de uma taça de vinho eu tenho que malhar durante uma hora??? Não, não, não, não! Não esperou a gente molhar o bico…

Um estudo feito pela Universidade Alberta, no Canadá, garante que uma taça de vinho tem o mesmo efeito no corpo que uma hora de academia. Isso se dá devido a elevada taxa de resveratrol contido na bebida. Esse composto, um poderoso antioxidante, apresenta diversos benefícios comprovados no que diz respeito ao desempenho físico e às funções cardíacas.

Só que não precisa cancelar seu plano na academia amanhã! Os estudiosos comemoraram a informação para aquelas pessoas que não conseguem esse resultado devido a alguma incapacidade física. No entanto, é bom saber que você pode alternar seu levantamento de peso com levantamento de taça, não é mesmo?

Ah!!! É importante saber que esse composto só existe nos vinhos tintos! Para te ajudar, seguem nossas melhores opções de tintos que farão o trabalho pesado por você!

faces merlot
Vinho das Olimpiadas Rio 2016 Merlot
Terragnolo Merlot
Vinicola Terragnolo Reserva Uva Merlot
Guatambu da estancia tinto
Guatambu da Estância uvas tintas
Publicado em

Sabia que o vinho melhora sua performance como ciclista?

Vinho tinto e ciclovia não combinam apenas na cor.

Você, que mora em São Paulo ou nas grandes cidades do Brasil, com certeza enfrenta o stress de um trânsito intenso e caótico. Com a criação das ciclovias você ganha mais uma opção para se locomover e, de quebra, faz exercícios e contribui para o meio ambiente.

Só que não é todo mundo que tem preparo físico para fazer seus percursos rotineiros em cima de uma bicicleta. Exercícios combinados a uma boa alimentação são essenciais para um bom condicionamento.

A boa notícia é que a Universidade de Alberta, no Canadá, descobriu que os vinhos tintos melhoram o desempenho físico por conta do antioxidante natural encontrado no vinho – o resveratrol. E para ficar ainda melhor, a Universidade de Kingston, em Londres, afirma que os tintos também aumentam a quantidade de testosterona dos atletas, melhorando mais ainda suas performances.

Só que lembre-se: consuma a bebida após o seu trajeto concluído, ok?

Publicado em

Não tomou a vacina contra gripe? O vinho pode te ajudar!

Febre, tosse, dores de cabeça e muscular, secreção nasal, perda do apetite, olfato e paladar, enfim, a gripe, que derruba todos nós, pode ser prevenida com uma taça de vinho. Isso mesmo. Pesquisa realizada na Nova Zelândia afirma que pessoas que consomem vinho são menos propensas à gripe.

Isso acontece por conta do flavonoide, composto químico que diminui em 33% a contração de infecções no sistema respiratório.

Apenas uma taça por dia é o necessário para se proteger. No entanto, só vinho tinto possui esse composto.

Atenção: Se você já estiver com dor de garganta, o vinho não é recomendado. Ele é bom para prevenir, não para remediar.

Clique e veja os vinhos tintos que, além de deliciosos, podem te proteger da gripe.

Publicado em

1º de abril – As maiores mentiras sobre os vinhos!

Deixe as brincadeiras de 1º de abril para os que fazem trocadilhos com “é pavê ou pacomê? “ e aproveite para nunca mais se deixar enganar por mitos irreais sobre os vinhos.

Quanto mais velho, melhor
Nem sempre. O que faz mal para o vinho não é o tempo, mas sim o oxigênio. O ar em contato com substâncias do vinho leva à sua oxidação. Apenas 30% dos vinhos melhoram com o tempo.

Vinho branco vem da uva branca, assim como o tinto vem da vermelha
Nem sempre. Para fazer vinho branco com uvas vermelhas basta fermenta-las sem a casca. A casca da uva é que dá a coloração do vinho. Espumantes, principalmente os Champagnes, são exemplos de vinhos brancos feitos com uvas tintas.

Cave Amadeu Rose Brut
RS: Cave Amadeu Rose Brut

Se tem bolhas, é Champagne
Nem sempre. Todo Champagne é um espumante, mas nem todo espumante é Champagne. Apenas os espumantes produzidos na província de Champagne, na França, são, de fato, Champagnes.

 

Dal Pizzol PInot Noir
RS: Dal Pizzol uva Pinot Noir

Peixe só combina com vinho branco
Nem sempre. Muitas pessoas respondem na ponta da língua que vinho branco que deve acompanhar o peixe. Algumas dizem que o tanino, presente na maioria dos tintos e a carne de peixe não combinam, deixando um gosto metálico na boca. Elas não estão totalmente erradas. Só que existem vários tipos de vinhos e vários tipos de peixes. O salmão e o bacalhau são ótimos exemplos de carne de peixe que, combinados com tintos de taninos leves, ficam mais saborosos ainda.

Rosé é uma mistura de vinho tinto com branco
Esse mito é o culpado pelo Rosé sofrer tanto preconceito. Infelizmente, algumas empresas (nem chamamos de vinícolas) buscando preços baixos, fazem essa mistura tirando, assim, as propriedades e qualidade do vinho. Por isso, de novo: nem sempre! O rosé, verdadeiro, passa pelo mesmo processo do branco e do tinto. A diferença, que faz com que a cor se aproxime mais do rosa, é que a casca da uva, que já falamos ser a responsável pela cor da bebida, fica em contato com o “suco” da uva por menos tempo.

Dal Pizzol Gamay Beaujolais
Uvas francesas, terroir (gaucho) brasileiro

O Brasil, por causa do calor, não produz vinho bom
Para essa frase a resposta não é “nem sempre”… é NUNCA! NUNCA! NUNCA repita este disparate!
É incontestável que a Europa, com seus países frios e iluminados pelo sol, é ótimo terroir para o cultivo da uva. Só que se a frase fosse verdade, como seria possível o Vale do São Francisco, seco e quente, produzir vinhos excelentes? Além de clima, outros tantos fatores são importantes para a produção de uvas, como tipo de solo e latitude.
Sim, as uvas americanas são diferentes das europeias e o nosso processo conta com tecnologia e inteligência para se fazer ótimos vinhos. Poderíamos citar o que é feito em cada região que produz vinho no Brasil. São regiões bastante distintas e em cada uma se segue um processo.

Ao invés disso, convidamos você a experimentar os nossos vinhos. Prove, literalmente, que nós, do RED, não mentimos nem no dia da mentira.

Publicado em

Com 37 anos, atleta afirma que seu segredo é o vinho

Aos 37 anos, Terence Newman, o cornerback mais velho da NFL, afirma que o segredo de sua longevidade no futebol americano são as 4 taças de vinho que toma por semana.

“O vinho tinto é a chave. Ele vai para suas veias e te mantém forte”, disse o jogador dos Vikings.

Gostou da dica? Clique e veja as opções de tinto que o ajudarão a ficar tão forte quanto Terence. Ok, quase…

Publicado em

Consumo de vinho previne perda auditiva. Han? É isso mesmo que você ouviu

Já a cerveja potencializa a perda… 

Pesquisadores de um hospital de Boston acompanharam mais de 56 mulheres, entre 22 e 47 anos, e perceberam que as que consumiam cinco ou mais cervejas por semana apresentaram maior propensão em 15% de perda auditiva. No entanto, as que bebiam 5 ou mais taças de vinho no mesmo período, apresentaram propensão menor em 16% de perda auditiva.

Em entrevista ao Wine Spectator, o Dr. Sharon Curhan declarou que a perda auditiva é algo inerente ao processo de envelhecimento, mas que pode ser evitado. O doutor também explicou que o vinho é um antioxidante natural e promotor de fluxo sanguíneo coclear.

Uma ótima notícia para nossos ouvidos, então vamos brindar!

Publicado em

O segredo do sucesso das seleções europeias na Copa do Mundo está na taça de vinho!

Quem levanta a taça de vinho, levanta a taça e leva a Copa!

Antes de mais nada, vamos revisitar os ganhadores das Copas de 1990 a 2014:

  • 1990 – Alemanha Ocidental
  • 1994 – Brasil
  • 1998 – França
  • 2002 – Brasil
  • 2006 – Itália
  • 2010 – Espanha
  • 2014 – (Gol da) Alemanha

Nessa pequena amostragem, tirando os dois títulos mundiais do Brasil, todos as taças foram levantadas pelas seleções europeias.

Há quem diga que há mais disciplina na Europa, mais dinheiro, mais estrutura e incentivo, ou que, simplesmente, ocorreu o apagão brasileiro. O que podemos afirmar, com certeza, é que eles são mais ousados e procuram se reinventar. E uma das ousadias é colocar em sua dieta o vinho, bebida alcoólica, nas vésperas dos jogos, o que é proibido nas concentrações da seleção brasileira.

Por que será que uma taça de vinho acompanhada de uma refeição rica em carboidratos, na véspera de uma partida, pode favorecer a performance dos jogadores em campo?  Os motivos são vários:

  • O vinho tem cerca de 1000 componentes.
  • 80 a 90% é água.
  • Pouco ou quase nada de açúcar (como em alguns vinhos secos).
  • Não tem gorduras.
  • Tem 1 a 2 gramas de proteínas/litro que são desintoxicadoras, regeneradoras e que ajudam na digestão.
  • Costumam ter quantidade de aminoácidos essenciais para a prática de esporte que o corpo não produz e devem ser ingeridos.
  • Tem vitamina B – a mais importante para um atleta.
  • Os polifenóis do vinho aumentam o aproveitamento dos carboidratos, a maior fonte de energia para os atletas, melhora o aporte de sangue, de oxigênio e nutrientes para os músculos e o cérebro e tem efeito anti-inflamatório.

* Todos os benefícios apenas se a bebida for consumida com moderação.

Curiosidade: Maradona também liberou vinho para os jogadores da Argentina, não ousaremos dizer o real motivo, rs, e hoje a bebida faz parte da dieta dos jogadores. Brincadeiras à parte, a Argentina foi vice campeã do mundo de 2014!

Nos resta torcer para o Brasil se reinventar no campo e na mesa, caso contrário… gol da Alemanha.

Você, que gosta de esportes, não precisa esperar seja aprovado pela CBF para adquirir esse hábito dos europeus. Clique aqui e seja, também, um vencedor.