Publicado em

Vinho para grávidas? Fale-me mais sobre isso!

Ao constatar que era penoso para as mulheres ficarem 9 meses sem consumir vinho e, assim, serem excluídas dos brindes e comemorações, a ex-consultora de vinhos americana Carrie Marvin, lançou a marca de vinhos feita para gestantes.

O nome já diz tudo. 9Months (9 meses), referente ao tempo do ciclo gestacional das mulheres, são espumantes sem álcool que não possuem riscos de causar algum dano ao bebê.

Para se produzir espumante não alcóolicos, Carrie explica que os sucos das uvas australianas são mantidos à 0°C, o que previne a fermentação (conversão do açúcar em etanol) antes de ser filtrado, pasteurizado e carbonatado.

Se você acha que isso é bobagem, saiba que a venda de bebidas não-alcóolicas cresce cada vez mais no Estados Unidos, assim como a venda de cervejas sem álcool no Brasil.

Publicado em

Espumante para criança? Existe, sim!

Quando não temos ideia de qual presente dar para alguém, a gente logo pensa: vou dar um bom vinho. Mas isso não costuma acontecer quando você está pensando em dar um presente para uma criança, não é mesmo?

Alguém pensou nisso!

A Cereser, em parceria com a Disney, lançou o Spunch, bebida gaseificada com sabor de morango e, claro, sem álcool, com o formato e rolha idênticos aos dos espumantes. As garrafas trazem em seus rótulos personagens Disney como a turma do Mickey, as princesas e Carros.

O lançamento no Brasil gerou bastante polêmica envolvendo pais, defensoria pública e câmaras municipais. A Cereser, contatada neste ano, alegou que o produto saiu das prateleiras dos supermercados brasileiros não por uma ação judicial mas devido ao fim da parceria com a Disney. No entanto, você ainda encontra espumantes infantis com outros personagens como Penélope Charmosa, Batman e Super Homem. Quanto aos espumantes Disney, é possível comprá-los em sites de venda.

Entre os pais, as opiniões se dividem. Uns acham que é um incentivador para o consumo de bebidas alcóolicas, que seria o mesmo que vender cerveja sem álcool para crianças. Já outros, alegam que faz parte da fantasia infantil, e que seus filhos se sentem inseridos no mundo dos adultos, por exemplo, nos momentos de brindes das famílias no final de ano.

No site extra da globo foi feito uma enquete em que a maioria, 59% dos entrevistados, não viam problema e aprovavam o produto.

Nós, do Red, acreditamos que o que as crianças precisam saber é que bebidas alcóolicas são apenas para os adultos e, mesmo quando alcançarem sua maioridade, devem consumi-las com moderação. Já a fantasia, não precisa ter limites.