Publicado em

Aurora: 1.100 famílias apaixonadas pelo vinho

A Vinícola Aurora é uma cooperativa, fundada em 1931 por 16 famílias produtoras de uva e de vinho que se uniram para ganhar força e valorizar as suas produções. Após a celebração da festa de Nossa Senhora de Lourdes, um grupo de 21 homens, que representavam essas 16 famílias produtoras decidiu que aquele seria o dia da fundação da cooperativa. Sentaram-se sob uma árvore frondosa, à beira de um riacho em busca de sombra nesse dia de alto verão, e ali sacramentaram a união. O nome surgiu naturalmente: o sol nascera há pouco e sugeria àqueles homens o início de tudo, o começo de um futuro iluminado.

 

Acervo: Vinícola Aurora
Acervo: Vinícola Aurora

A Aurora é a vinícola brasileira mais premiada nos concursos internacionais de vinhos, que acontecem durante o ano nos diferentes países. São mais de 540 medalhas conquistadas.
Por três anos consecutivos (2014, 2015 e 2016) possui dois rótulos na relação TOP 100 do mundo, uma seleção feita pela Associação Mundial dos Jornalistas e Escritores de Vinhos e Licores, com sede na Europa, que se baseia no desempenho de milhares de vinhos nos mais de 80 grandes concursos internacionais do mundo.

 

É a maior vinícola do Brasil e está presente em todo o mercado brasileiro. Seu portfólio tem produtos para todos os perfis de consumidores, seja o iniciante, o recém-iniciado ou o grande conhecedor.

Aurora Pinto Bandeira - Janeiro 2012 - Créditos Fernando Zanchetti
Aurora Pinto Bandeira – Janeiro 2012 – Créditos Fernando Zanchetti

A Vinícola Aurora está sediada na zona urbana de Bento Gonçalves, a capital brasileira da uva e do vinho, com duas unidades produtoras. Os vinhedos, cerca de 2.800 hectares, compõem as propriedades das 1.100 famílias cooperadas e estão situados nas zonas rurais de Bento Gonçalves e vários de seus distritos e municípios próximos, como Garibaldi, Farroupilha, Veranópolis.

 

 

Aurora Pinto Bandeira - Janeiro 2012 - Créditos Fernando Zanchetti
Aurora Pinto Bandeira – Janeiro 2012 – Créditos Fernando Zanchetti

Além das propriedades dos cooperados, a Aurora faz seu trabalho de terroir na Aurora Pinto Bandeira, uma área de 24 hectares, dos quais 16 são cultivados, que pertence à Cooperativa (e não a um cooperado). Ali são cultivadas as variedades Chardonnay, Pinot Noir e Riesling Itálico, produção exclusiva para a elaboração dos vinhos com Indicação de Procedência Pinto Bandeira, a segunda região demarcada de vinhos do Brasil. É exatamente desta região que são produzidos os melhores espumantes brasileiros e com indicação geográfica de procedência!

Aurora Espumante Pinoy NoirAurora ChardonnayA vinícola conta mais de 200 itens no portfólio da vinícola, com rótulos de 13 marcas. A produção total, considerando todos os produtos, é de 50 milhões de litros/ano. Seu enólogo-chefe, Flávio Zílio, acaba de ser eleito por todos os enólogos do Brasil o ” Enólogo do Ano 2016″, pela sua grande contribuição pelo desenvolvimento dos vinhos brasileiros de qualidade e pela qualidade que imprime em todos os produtos que assina, independente do preço com que chegam às prateleiras e da faixa de consumo a que se destinam.

 

 

Publicado em

O primeiro vinho da Aurora com Indicação de Procedência

Antes mesmo de começar a falar do nosso próximo “queridinho”, o vinho Aurora Chardonnay – Pinto Bandeira 2014, gostaríamos de reforçar que, às vezes, é preciso quebrar alguns paradigmas para descobrir um bom vinho.

E tem mais, se não dermos a chance para o novo ou para desfazer certos conceitos, ou pré-conceitos, nunca estaríamos aqui oferecendo um vinho da Aurora. Mas o Red é a favor do novo e principalmente de quem se renova, afinal, o brasileiro já sabe apreciar um bom vinho independente da classe social, já não somos mais daqueles que toma qualquer tipo de vinho e acha bom.

Apesar da retração econômica, o brasileiro vem agregando o vinho à sua mesa e o resultado disso é que em 2015, segundo o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), o setor apresentou crescimento de 6,9% no volume dos derivados da uva. Para os espumantes o crescimento foi de 11,9% e dos sucos de uva prontos para consumo, índice 30,5% maior em relação a 2014.

De olho no mercado, a Aurora, líder de vendas e de exportações de vinhos no país, também começou a produzir vinhos em Pinto Bandeira, na Serra Gaúcha, segunda região do Brasil demarcada a conquistar Indicação de Procedência (IP), a primeira delas é o Vale dos Vinhedos.

O resultado desse primeiro vinho da Aurora com o selo da IP de Pinto Bandeira foi surpreendente. O Aurora Chardonnay dessa região nos conquistou pelo aroma, sabor e pela alta qualidade. Um excelente chardonnay, jovem, frutado e bem persistente. Um grande presente para os brasileiros, principalmente pelo bom custo-benefício.

Sim, é possível produzir vinhos bons e baratos no Brasil. Não perca a chance de provar e vai entender bem sobre o que estamos falando.

Aurora Chardonnay